Tropical Island Resort
Tropical Island Resort

Meu nome é Adriana W. Fadel, sou médica e mãe de três filhas. Há 5 anos e meio, eu trabalhava como médica Anestesiologista e como gestora de qualidade em um hospital. Comecei a me sentir cansada, com tontura, fraqueza e cansaço. Veio também a avidez por sal, emagrecimento repentino, dores abdominais e lombares frequentes, desânimo, vômitos e cheguei até a desmaiar diversas vezes e ser internada. Foram 3 internações, até descobrir e confirmar o diagnóstico de Doença de Addison. Passaram-se 6 meses entre essas internações, onde foi investigado: arritmia cardíaca, tumor, doenças gástricas e endocrinológicas. Hoje convivo com a doença, não exerço mais a minha profissão, tenho uma vida saudável, não bebo álcool, faço exercícios físicos, tomo os medicamentos, faço exames regularmente e visito minha médica endocrinologista 2 vezes ao ano. Junto com amigos addisonianos e familiares, fundamos a Associação Brasileira Addisoniana (ABA), da qual sou presidente. Temos como objetivo criar uma rede de apoio aos portadores de insuficiência adrenal primária, secundária e terciária e aos seus familiares, incentivar a pesquisa para então atingirmos nossa meta primordial: encontrar a cura da Doença do Addison. Sou muito grata pela minha família, amigos addisonianos e familiares que me apoiaram e me apoiam dia pós dia, me dando forças para tirar muitas coisas positivas dessa experiência e encontrar um novo e maior propósito em vida!

Adriana Fadel