Tropical Island Resort
Tropical Island Resort

Fui diagnosticada com doença de addison em 1999. Estava no último ano de faculdade. Foi mês de março, que começaram os primeiros sintomas... Antes disso, tinha aparecido uma manchas na minha gengiva. E a dentista sem imaginar disse , não ser nada . Em março de 1999, comi um lanche do Mc Donal’d. Passaram algumas horas , comecei apresentar náusea, vômitos, diarreias e mal estar geral. Com padrasto médico, fiquei fazendo tratamento em casa. Após alguns dias, ainda persistia: vômito, pressão arterial baixa, mal estar , cansaço. Após alguns dias, estava na cama. Sem conseguir levantar. Meu padrasto fazendo vários exames , porque nem imaginava oq acontecia . Passei em varios médicos. Inclusive uma endocrinologista, disse que seria uma depressão. Então, meus exames cada vez mais alterados , eu cada vez mais acamada. Isso se passaram quase 3 meses. Até o dia que meu padrasto , me levou no hematologista, ouviu meus sintomas..Olhou para mim , que já estava uma morena amarelada, e falou na hora : ela tem DOENÇA DE ADDISON! No momento tomei predinisona , passaram algumas horas , eu comecei me sentir muito melhor . Fui à procura de endocrinologista, foi bem difícil adaptação dos medicamentos. Inicialmente inchei bastante . Algumas vezes pressão arterial subiu. Dor estômago muito forte . Fiquei mais de um ano sem comer carne. Ma digestão. Até que o tempo foi passando ... Fui sabendo lhe dar com a doença . Algumas crises , bem leves , outras mais fortes. Mas vivendo normalmente . Fiz cirurgia plástica , por opção . Muitas viagens . Trabalhei normalmente . Tive muitos momentos felizes e alguns tristes. E percebi que em alguns momentos de emoção, mesmo de felicidade , precisava aumentar medicamento. Porque senão entrava na crise . Casei. Tive um Filho! Gestação , de risco? Não sei . Nos três primeiros meses , passei muito mal, precisei tomar algumas doses cavalares para me manter em pé.e muito medo de fazer mau ao bebê. Fui em dois endocrinologistas. Cada um dava um tratamento . Até que que eu mesma ajustei minha dose, com mesmo medicamento , e sempre pensava que meu filho nasceria perfeito. Meu ginecologista, sempre dizia que não faria mal a ele. E assim foi verdade. Ele nasceu pré maturo. Precisou ficar na UTI, mas nasceu PERFEITO! E hoje tem quase 5 anos Atualmente eu convivo com a doença 20 anos. Eu aprendi, momentos de emoção ou tristeza muito intenso, precisamos tomar mais corticoide para não vir alguma crise forte. Aprendi levar um cartão de identificação para qualquer eventualidade. Aprendi viver e conviver bem com a doença de addison . Aprendi nem sempre oq sentimos é crise de addison, mas quase a maioria, é ou crise de Adson ou consequência do remédio. Aprendi que nem sempre temos todos sintomas numa crise . As vezes um único sintoma ,como ,pressão baixa ou fadiga. Já pode ser considerada uma crise de addison. Aprendi que temos alguns efeitos colaterais do medicamento , mas com prevenções e/ou sempre fazendo exames periódicos, ajudam muito no dia dia. Aprendi viver um dia após o outro.Aprendi a ser especial. Aprendi a valorizar a vida . Aprendi ser humana. Aprendi curtir os momentos de felicidade e agradecer cada ano que passa meu aniversário. Posso dizer que aprendi muito... E se puder ajudar as pessoas Addisonianas, Estou aqui, com maior prazer! Lutando com todos , e principalmente tendo fé em viver bem e em busca da CURA

Renata Fernandes